Total de visualizações de página

sábado, 19 de março de 2016

Os Filhos do fogo


“Somos criaturas das chamas, somos produtos da culinária e esta transformação é profunda!”


A pergunta é! Cozinhar ou não cozinhar?

Cozinha significa muita coisa; e tempo diferente para pessoas diferentes, raramente uma proposta para o tudo ou nada.
Mesmo assim até cozinhar algumas noites na semana ou separar um domingo para fazer refeições para a semana, ou talvez as vezes fazer um prato que você só poderia comprar.
Mesmo ate este ato modesto de cozinha, vão construir um tipo de voto!
 Um voto para que exatamente?

Em um mundo que tão poucos são obrigados a cozinhar, escolher fazer isto é um protesto e apresentar este protesto contra a especialização, contra a total racionalização da vida, contra a infiltração de interesses comerciais e todas as esferas da nossa vida, chega ser uma obrigação de todos que de alguma forma é encantado pela a alquimia da cozinha.
Cozinhar pelo prazer de fazer isto, devotar um tempo livre é declarar nossa independência as empresas que querem organizar cada momento de nossas vidas e que querem criar mais uma ocasião para o consumo.
Cozinhar tem o poder de transformação mais que plantas e animais em comida, eu descobri que cozinhar, nos da a oportunidade tão rara no mundo moderno, e trabalhar no seu sustento e no sustento de quem  estamos alimentando, e pelos cálculos da economia isto talvez não seja a forma mais eficiente de um cozinheiro amador, mais mesmo assim é bonito.
Pois não há uma pratica menos egoísta, um trabalho menos alienado e um tempo menos desperdiçado que preparando algo delicioso e nutritivo para as pessoas que você ama.

texto baciado no livro Cooked.
Chef. Rodrigo Taberna

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Sete curiosidades históricas sobre vinhos

A garrafa de vinho mais antiga do mundo
Que o vinho é muito apreciado, e precisa-se de muito tempo para entendê-lo, todos sabem, no entanto, ele também possui uma história muito antiga, e cheia de curiosidades pouco conhecidas. Selecionamos algumas delas, um tanto pitorescas:

1-A expressão “brindar” originou-se na Roma antiga, quando o Senado ordenou ao imperador Augustus que fosse homenageado com um brinde a cada refeição. O costume começou com um pedaço de pão tostado, chamada pelos romanos de “tostus”, que eles colocavam na taça de vinho, para mascarar eventuais sabores desagradáveis da bebida. Virou costume, assim, que todo mundo em uma refeição levantasse sua taça, para uma pessoa que estivesse sendo homenageada.

2-A garrafa de vinho mais antiga do mundo data do ano 325 a.C. e foi encontrada perto da cidade de Speyer, na Alemanha, em 1867. Acredita-se que é a garrafa não aberta mais velha do mundo. Ela possui cerca de 1,5 litro de bebida e foi descoberta durante uma escavação dentro de uma tumba de um homem pertencente à elite romana do século IV, que possuía dois sarcófagos, um com o corpo de um homem e o outro com o de uma mulher. É provável que o vinho tenha sido produzido na mesma região, diluído com uma mistura de ervas e preservado com uma grande quantidade de azeite espesso adicionado ao frasco para vedar o vinho, juntamente com um selo de cera quente.

3-Embora não seja algo muito comum, muitas pessoas possuem medo de vinhos, esse transtorno é chamado de “oenophobia”, que caracteriza-se como “medo de vinho; ansiedade relacionada ao vinho”.

4-Quando chegaram a América do Norte, os “vikings” nórdicos (exploradores) nomearam o
Vikings
continente como “wine land”, ou seja, “terra do vinho”, devido à grande quantidade de videiras que acharam no local.
 5-O ato de falsificar vinhos é ilegal desde 1.754 a.C., na antiga Mesopotâmia. O código de leis chamado de “Código de Hamurabi” é um dos mais antigos já decifrados atualmente. Ele possui 282 leis, uma das quais afirma que qualquer pessoa que fosse flagrada vendendo vinho fraudado deveria ser afogada em um rio, como meio de punição.
 6-Em 1922, descobriu-se na tumba do menino-rei Tutancâmon, morto entre 1320-1330 A.C. , várias garrafas de vinho tinto, rotuladas com o nome, safra, local e até o produtor dos vinhos. Os rótulos eram tão detalhados que podem ser comparados com os de hoje em dia.
7-Você pode pensar que um simpósio é um encontro de acadêmicos ou profissionais para discutir sua profissão ou debater assuntos atuais, e você estaria certo, porém, também é uma desculpa para beber. O termo simpósio teve origem na Grécia antiga e significa, literalmente, “beber juntos”, refletindo o costume dos gregos de misturar vinho e discussões intelectuais. Simpósios geralmente eram realizados nas casas das pessoas, servia-se comida e vinhos, ao mesmo tempo em que ocorria uma discussão sobre política e filosofia. Eles eram frequentemente realizados para comemorar a introdução de jovens na sociedade aristocrática. Um simpósio era supervisionado por um “symposiarch”, uma versão antiga de um sommelier, que iria decidir  qual vinho seria servido na noite.


Original: http://revistaadega.uol.com.br/artigo/sete-curiosidades-historicas-sobre-vinhos_10270.html#.VjrebBHZ15Y.facebook#ixzz3qc1RVUIP

Postada por Chef. R. Taberna

sábado, 24 de outubro de 2015

O Lado Negro da Cozinha! 1ª Parte (Postei só agora pois acreditava que me daria problema na época!)

NÃO  EXISTE AMOR...


 Matando por Tomate!!! Da para acreditar?

Quem me conhece sabe do amor que sempre tive pela gastronomia e tudo que envolve e fala sobre o assunto, é mas como tudo não são flores?
Trabalho em uma cozinha, não é ainda o tipo de gastronomia que quero levar para minha vida mas estou aprendendo um bocado, e como toda cozinha trabalhamos em muitos e a ideia é que todos trabalhem em equipe (vai nesta! kkkkkkkk....), como dizia o Marcelo Nova na Banda Camisa de Vênus.... " Não vai haver amor nesta porra nunca mais!!!" parece que foi feita para a cozinha! kkkkkkkk.....
Se engana aquele que imagina que tem gente cozinhando com amor e dedicação, tem gente que até tenta, mas a grande maioria trabalha pelo salário no fim do mês, não tem a menor vocação para aquilo que estão se propondo a fazer.
Percebo que cozinhar faz com que você seja um transmissor de um tipo de energia e que no mesmo tempo te abre, te deixando vulnerável para todo o tipo de forças do mal.... Parece brincadeira? mas não é!!! como uma pessoa pode perder qualquer tipo de postura ética e profissional por causa de um tomate, "MATAMOS POR TOMATE!" ou por boca de fogão que o outro chegou primeiro e tomou a posse dela, e quem chegou atrasado chega transfigurado e sai pisando fundo e murmurando palavras de ódio pela outra pessoa ou pela mãe, pai, filhos ou ate mesmo o coitado do cachorro que não tem na ver com o Pato, brigam pela cabeça de alho ou pela panela ou pior, pela tampa da panela que o outro colocou por engano..é meus amigos quero fazer disto uma descrição do que é trabalhar em uma cozinha de restaurante.                
Vou fazer do meu Blog o meu diário, e te levar ao lado obscuro das cozinhas! Seja bem vindo ao meu mundo.

Por: Chef. R.Taberna 
27/02/2013 

DEGUSTAÇÃO ONLINE!!!

Quando os amigos se esbarram na dificuldade de se encontrar, quando a vida cria a distancia por vários motivos, trabalho, quilômetros, compromisso...
O que fazer quando o desencontro acontece? Pois bem! Mudamos o jogo, inventamos a nova letra da canção, reinventamos o final, pois ser Taberneiro é isto!!! Escrevemos nossa historia.







Noite agradável com bons vinhos e charutos e a companhia nem se fala!!!
A vida tem destas indas e vindas, não cabe a você decidir o seu tempo e sim o que fazer com o tempo que lhe foi dado.

Chef. R .Taberna

terça-feira, 13 de outubro de 2015

Chef. R. Taberna